SATANISMO - ROCK AND ROLL - PARTE 6/1



Rock Religioso - A Música do Diabo na Igreja!!




Autores: Alan Yusko e Ed Prior
The Seed Sowers: PO Box 2513, Stn. F, Scarborough, Ontário M1W 3P2 Canadá
Devido à importância do assunto, os autores permitem que este artigo seja livremente reproduzido e distribuído.

Nas aulas de Biologia, é comum os professores citarem o exemplo do sapo que, quando colocado na água fervente, pula imediatamente para fora. Entretanto, se o mesmo sapo for colocado em uma bacia com água fria e essa bacia for levada ao fogo brando, o corpo do sapo se ajustará à elevação gradual da temperatura da água e ele acabará morrendo cozido!

O Rock religioso é como o sapo na bacia com água. O termo "rock and roll" era uma gíria que existia nos anos 50 e significava "sacanagem, safadeza praticada pelos casais de namorados adolescentes no banco traseiro do carro dos pais". Portanto, o termo estava associado com a fornicação e a imoralidade sexual. A música Rock já arruinou a vida de muitos adolescentes por meio do suicídio, abuso das drogas, imoralidade, perversões, satanismo, etc. Infelizmente, vivemos em uma época em que muitos cristãos e seus líderes estão permitindo que essa música demoníaca entre nas igrejas, afirmando que ela está santificada pois as letras foram modificadas e incluem palavras 'religiosas'. Onde está o discernimento? O simples fato de essa música demoníaca ter entrado na igreja é prova do declínio moral e espiritual que está afetando as igrejas atualmente. Estamos sendo invadidos por diversas variedades de música Rock: Acid Rock, Punk Rock, New Wave e Heavy Metal, todos disfarçados de Rock religioso.
A palavra de Deus diz:

"Quem dera que eles tivessem tal coração que me temessem , e guardassem todos os meus mandamentos todos os dias, para que bem lhes fosse a eles a a seus filhos para sempre." (Deuteronômio 5:29)
"Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto, não sejais seus companheiros. Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz." (Efésios 5:6-8)

"Antes, exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado." (Hebreus 3:13)
Satanás foi criado originalmente como uma bela criatura musical: 

"Estiveste no Éden, jardim de Deus; de toda a pedra preciosa era a tua cobertura: sardônia, topázio, diamante, turqueza, ônix, jaspe, safira, carbúnculo, esmeralda e ouro; em ti se faziam os teus tambores e os teus pífaros; no dia em que foste criado foram preparados." (Ezequiel 28:13)
Como ele tem um talento musical excepcional, podemos saber que usará a música para enganar e escravizar.
Os roqueiros cristãos dizem que precisamos ser como o mundo, ter a mesma aparência e ouvir a mesma música, para podermos alcançar a juventude atual. Dizem que muitos jovens não quererão ouvir o evangelho nem vir à igreja se não tivermos algum terreno em comum com eles. Esse terreno comum é o Rock and Roll. Em outras palavras, estão dizendo que pregar a palavra de Deus já não é mais suficiente. Se isso for verdade, então deveríamos abrir bares para podermos alcançar os beberrões. Deveríamos abrir lojas de artigos eróticos para atrair aqueles que consomem materiais pornográficos. Não deveríamos descer ao nível deles para trazê-los ao Senhor Jesus Cristo? Portanto, não há mal, se o resultado final for bom. Qual o problema de contemporizar um pouco com os padrões de santidade e de separação estabelecidos por Deus se o resultado é que almas serão salvas? Esse tipo de raciocínio é uma das doutrinas de demônios que os cristãos estão aceitando. A mesma Bíblia que operou com sucesso até agora, continuará a operar entre os jovens e os velhos. Quantos cristãos amam o povo de Deus o bastante para dizer: "Basta! Vamos remover esse lixo satânico da igreja e lançá-lo no inferno, onde deve estar"? Você entende que há apenas 10 ou 15 anos atrás essa música maligna nem remotamente seria considerada uma forma adequada de cantar louvores a Deus? Ela seria imediatamente rejeitada nas igrejas. O que estamos testemunhando hoje é a decadência moral e espiritual que está afetando os cristãos, que não têm mais discernimento entre o bem e o mal.



História do Rock and Roll


Nesta seção, veremos rapidamente a história do Rock and Roll. Se você é um cristão e não percebe que o Rock secular é maligno e demoníaco, então é melhor fazer um exame dos seus olhos espirituais, pois está tendo graves problemas. Um problema preocupante na cena do Rock religioso é que muitos dos envolvidos também ouvem o Rock secular. Em alguns concertos, os roqueiros cristãos tocam o Rock secular para "aquecer" a audiência.
Ao ler o histórico do Rock and Roll, observe como Satanás, desde os anos 50, vem degenerando lentamente essa música. Satanás aqueceu lentamente a água em fogo brando até que a música degradou-se e desceu ao nível atual. As informações seguintes foram tiradas de um diagrama chamado História do Rock and Rock - Principais Influências, da Freedom Village USA.



Início do Rock: Meados dos Anos 50 até Meados dos Anos 60

Mensagem: As música e as letras aparentemente inofensivas, promoviam os "bons momentos". Promoviam também a dança em novos estilos. Os "ídolos dos adolescentes" eram adorados pelas moças e todos os rapazes queriam estar na onda. O cenário foi armado para a rebelião pela imagem da "brilhantina". Música: Mistura de "Grandes Bandas" com a poderosa influência física da dança e do "Rhythm and Blues", baseado em ritmos de origem africana. O ritmo era alegre e cativante. As melodias criavam uma estranha atmosfera de "Happy Days" (Dias Felizes).

Principais representantes: Elvis Presley, Chuck Berry, Bill Haley and The Comets, Jerry Lee Lewis, Fats Domino, Little Richard, Platters, Four Seasons, Smokey Robinson and The Miracles, e James Brown.



Invasão Britânica, Música da Gravadora Motown, Música Popular: Década de 60

Mensagem: Introdução ao tema de maior rebelião, que seria a temática da futura música Rock. Promovia a sexo sem compromissos, drogas, rebelião, apresentando-os como diversão inofensiva. Também introduziram falsas religiões, como a Meditação Transcedental. Os grupos de música popular promoviam atitudes e aparências contrárias ao governo e à sociedade vigente.
Música: A influência britânica embruteceu a música americana tirando a ritmo de dança e introduzindo um ritmo mais sincopado. A gravadora Motown contribuiu com os ritmos repetitivos com sua "Soul music" - uma variação do Blues. Principais representantes: Beatles, Beach Boys, The Rolling Stones, The Temptations, Bob Dylan, Peter, Paul and Mary, Supremes, Simon and Garfunkel, Shirelles, Four Tops, e Mamas and Papas .



Acid Rock ou Hark Rock: Fim dos Anos 60 - Início dos Anos 70

Mensagem: Concertos de Rock gigantescos para a promoção do sexo sem compromisso, abuso de drogas e do álcool, e uma atitude do tipo "faça o que der na cabeça". As letras pregavam a rebelião, a falta de moral e de responsabilidades. As drogas ficaram associadas com a música Rock. Início da violência nos palcos. Maior foco nas falsas religiões.
Música: Desenvolveu um efeito mais repetitivo e hipnótico. Mais ritmo, maior volume e mais violência tornaram-se a força dominante das canções. Os grupos destruiam os equipamentos no palco. Início do travestismo e do uso de maquiagem pelos homens.
Principais Representantes: Jimi Hendrix, Janis Joplin, The Doors, The Beatles, The Rolling Stones, Led Zeppelin, Crosby, Stills and Nash, Joan Baez, The Grateful Dead, e Chicago.



Heavy Metal - Década de 70

Mensagem: Sexo, abuso das drogas e nada de restrições morais. As letras promoviam a rebeldia, a violência e a homossexualidade. Inserção de mensagens satânicas camufladas, que só podiam ser ouvidas tocando-se a música do fim para o começo. Além disso, atos sexuais começaram a ser praticados abertamente nas pistas de dança das danceterias.
Música: Aumento nas batidas e no volume. A batida, ou o pulso da música, hipnotiza os ouvintes das letras malignas. Os representantes admitem abertamente suas taras e perversões sexuais e as encenam no palco, contribuindo para a decadência moral e a degradação da sociedade.

Principais Representantes: KISS, Rod Stewart, Bee Gees, The Who, Led Zeppelin, Elton John, Alice Cooper, Village People, Stevie Wonder, Black Sabbath, The Rolling Stones, Eagles, Jethro Tull e Deep Purple.


Continua....



0 comentários:

Postar um comentário

Comente, Questione, Critique, Aconselhe, Tire Dúvidas.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Fica reservado ao Blog Filhos de YHWH ou não, de comentários anônimos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

468x60

energia a preço justo
Nelson Neto. Tecnologia do Blogger.
 
Filhos de Yhwh © 2012 | Designed by Nelson Neto