BRASIL TÚ ÉS ESCOLHIDO PARTE 11/42


 

Sacerdócio Santo!  

Sexta-feira! O fim de semana chegou! Encontros, jogos, família, amigos, cultos… aaahhhh dormir! Espero que o seu fim de semana seja um tempo de restauração, um tempo de refrigério, e um tempo de adoração e intercessão junto aos irmãos em Cristo.
Falando em adoração e intercessão, você sabia que Jesus te salvou para fazer de você um sacerdote! Isso mesmo, um sacerdote da ordem que Jesus iniciou! É muito importante entendermos isso para podermos “receber” a palavra “Brasil! Tu és Escolhido!”

Arrependam-se, pois, e voltem-se para Deus, para que os seus pecados sejam cancelados, para que venham tempos de descanso da parte do Senhor, e ele mande o Cristo, o qual lhes foi designado, Jesus. É necessário que ele permaneça no céu até que chegue o tempo em que Deus restaurará todas as coisas, como falou há muito tempo, por meio dos seus santos profetas. Atos 3:19-21
Conforme a palavra de Pedro numa das suas primeiras pregações, ele explica a vinda e a trajetória de Jesus. Como os profetas falaram de antemão, Jesus foi enviado para morrer pelos nossos pecados. À luz disso, devemos nos arrepender afim de sermos perdoados, afim de recebermos tempos de descanso da parte do Senhor, e afim de que o Pai mande Jesus de volta. E conforme a palavra dos profetas, para Jesus voltar, será necessário “a restauração de todas as coisas.”

Eu não posso dizer que sei do “tudo” que precisa ser restaurado para Jesus voltar. Estou estudando, buscando e discernindo ainda a respeito disso. Contudo, posso dizer que tenho alguns itens nessa lista e uma delas é “o sacerdócio de todos os santos.” Eu afirmo que uma das coisas que o Espírito Santo está restaurando em nossos dias que visa volta de Jesus é que os “salvos” por Jesus se tornem “sacerdotes” de Jesus.

Para entender essa restauração, precisamos entender o “original” que precisa ser restaurado.
No início, eram Adão e Eva. Destinados a serem os pais da humanidade, milhões de milhões. Essa família era destinada a ser “raça sacerdotal”. E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai… Gen. 1.28

A humanidade foi criada “à imagem e semelhança” de Deus para poder ter intimidade com o Criador. A função peculiar que Ele dera à Sua obra prima era a de ser um agente pelo qual Deus iria estabelecer Seu governo na terra. Veja como isso iria acontecer.

Adão e Eva passavam um tempo muito especial com Deus na “virada do dia.” (Gn 3.8) Esse tempo com Deus era a essência da “adoração”, baseado num relacionamento de amor com o Criador.

O Criador é Absoluto e não carece de nada. Ele não carece da nossa adoração. Ele não carece de atenção. Ele não carece de poder, de amor, de carinho. Ele é Absoluto.

Deus criou adoradores para poderem desfrutar do que faz Ele Absoluto. Criou seres celestiais que desfrutam constantemente, eternamente da Sua santidade, do Seu amor, do Seu poder, da Sua magnificiência, em fim de tudo que faz Ele, Deus!

Ele criou seres terrenos. O ser humano é Sua obra prima. Esse corresponde na terra com os adoradores celestiais. Como os anjos, querubins, serafins, anciãos, e quatro seres viventes no céu, a família de Adão e Eva na terra. Se não fosse o pecado, a descendência de Adão e Eva era destinada a continuar a adorar conforme nossos pais, na viração de cada dia. À medida que essa família “enchesse” a terra conforme a ordem de Deus, sua adoração seria entregue continuamente conforme a passagem do dia. Ou seja, do norte ao sul, ao entardecer de cada dia, a família de Adão e Eva levantaria uma “onda de adoração” ao Senhor. Aos sábados, passaria o dia todo com Deus.

Essa seria a essência do sacerdócio da família humana.

As Escrituras nos revelam como Deus iria corresponder a essa adoração. Ele “habita” meio os louvores do Seu povo. Ele é “entronizado” meio os louvores do Seu povo. Essa revelação veio para o Rei Davi que correspondeu com a revelação que veio de Deus por parte dos profetas Natã e Gade. (2 Cr. 29:25). O rei institui o primeiro passo para a restauração da adoração soberanamente predestinada a acontecer na terra.

Mas antes, Moisés anunciou o primeiro passo que Deus fez para restaurar o sacerdócio. “Sereis reino de sacerdotes e nação santa.” Um passo para restaurar o destino da humanidade. De lá para cá essa restauração segue por vários passos.

O primogênito

“Dirás a Faraó: Assim diz o SENHOR: Israel é meu filho, meu primogênito.” (Êxodo 4:22)
Porque meu é todo primogênito entre os filhos de Israel, tanto de homens como de animais; no dia em que, na terra do Egito, feri todo primogênito, os consagrei para mim. (Números 8:17)
Porque todo primogênito é meu; desde o dia em que feri a todo primogênito na terra do Egito, consagrei para mim todo primogênito em Israel, desde o homem até ao animal; serão meus. Eu sou o SENHOR. (Números 3:13)
Eis que tenho eu tomado os levitas do meio dos filhos de Israel, em lugar de todo primogênito que abre a madre, entre os filhos de Israel; e os levitas serão meus. Números 3:12
e para mim tomarás os levitas (eu sou o SENHOR) em lugar de todo primogênito dos filhos de Israel e os animais dos levitas em lugar de todo primogênito entre os animais dos filhos de Israel. Números 3:41


Toma os levitas em lugar de todo primogênito entre os filhos de Israel e os animais dos levitas em lugar dos animais dos filhos de Israel, porquanto os levitas serão meus. Eu sou o SENHOR. Números 3:45


porquanto eles dentre os filhos de Israel me são dados; em lugar de todo aquele que abre a madre, do primogênito de cada um dos filhos de Israel, para mim os tomei. Números 8:16

Tomei os levitas em lugar de todo primogênito entre os filhos de Israel. Números 8:18
É evidente que o primogênito tem haver com o sacerdócio. Adão. Israel. Os levitas no lugar dos primogênitos. Jesus.

Jesus é primogênito e sumo-sacerdote da ordem de sacerdotes que restaurará o sacerdócio da humanidade nos últimos dias. (Hebreus 1.6; 5.10; 6.20)

A humanidade era sacerdote para ministrar a Deus em prol da terra. Israel foi escolhido entre as nações para restaurar esse destino. Os primogênitos enumerados, redimidos e santificados para entender o sacerdócio por “sinal e símbolo.” Os levitas tomados no lugar dos primogênitos. Eles iriam ministrar a Israel. Mas esse sacerdócio fracassou. Ficou exclusivista e separatista em vez de tornar a nação em sacerdotes. Jesus, o primogênito, foi introduzido em Israel para iniciar um sacerdócio para substituir o levítico.

Jesus é o ponto “pivô” para restaurar esse destino da humanidade. Ele toma o que foi feito “exclusivo e separatista” e recrutou todos em Israel. Ele foi atrás da multidão para torná-la em adoradora e intercessora. Ele ensinou como o Pai procura adoradores que adoram “em espírito e em verdade.” Ele ensinou a todos a orarem: Pai nosso… Ele estava recrutando sacerdotes para o novo sacerdócio.

Pedro entendeu!

Chegando-vos para ele, a pedra que vive, rejeitada, sim, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa, também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, afim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo. Pois isso está na Escritura: Eis que ponho em Sião uma pedra angular, eleita e preciosa; e quem nela crer não será, de modo algum, envergonhado. Para vós outros, portanto, os que credes, é a preciosidade; mas, para os descrentes, A pedra que os construtores rejeitaram, essa veio a ser a principal pedra, angular e: Pedra de tropeço e rocha de ofensa. São estes os que tropeçam na palavra, sendo desobedientes, para o que também foram postos. Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; vós, sim, que, antes, não éreis povo, mas, agora, sois povo de Deus, que não tínheis alcançado misericórdia, mas, agora, alcançastes misericórdia. (1 Pedro 2.4-10)
Pedro. Pescador. Simples. Rude. Inculto. Sanguíneo. Entendeu o que Jesus estava fazendo. Quando escrevia para a igreja em uma carta dirigida para todos os convertidos, ele discerniu o plano de Deus em Jesus para restaurar a função sacerdotal e convocou os santos, os crentes, as pedras vivas a assumirem o sacerdócio que Jesus lançou sobre todos os que crêem n’Ele.
O Pedro entendeu. Não somos “salvos” para apenas viver um estado de “salvação.” Fomos salvos para restaurar a essência do ser humano. A implicação de ser salvo é ser “sacerdote.”

Lembre-se disso quando você estiver com irmãos no culto ou na missa neste final de semana. E lembre-se que a sua adoração e a sua intercessão faz parte do seu sacerdócio real. A sua adoração pode fazer uma diferença. A sua intercessão pode fazer uma diferença. Pode fazer com que “da presença do Senhor, venham tempos de refrigério…”

Brasil! Tu és Escolhido!


Um abraço,

Mike Shea

Casa de Davi

Posso pedir um favor? Ajude-me a divulgar esses artigos por meio de seus blogs, sites, Facebook e Twitter!
Seja um mantenedor do Centro Brasileiro de Adoração: Saiba mais sobre o REEDIFICANDO JUNTOS!

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, Questione, Critique, Aconselhe, Tire Dúvidas.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Fica reservado ao Blog Filhos de YHWH ou não, de comentários anônimos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

468x60

energia a preço justo
Nelson Neto. Tecnologia do Blogger.
 
Filhos de Yhwh © 2012 | Designed by Nelson Neto