LADY GAGA LANÇA NOVO SINGLE COM REFERÊNCIAS BÍBLICAS

Lady Gaga,e as Referências Bíblicas por trás de "Judas" (Pela ótica da artista)

Foi nesta sexta feira dia 15 que Lady Gaga lançou o seu novo single: "Judas". O nome é polêmico, a música também e o clipe promete ser ainda mais; mas não é isso que vamos discutir aqui.

Segundo Gaga a música é sobre ser traido(a) varias e varias vezes e por mais que queira se vingar e sinta raiva por isso ainda continua amando quem traiu-lhe.
A estratégia usada dessa vez para que a música não caia na mesmice sobre traição foi as inúmeras referencias bíblicas, começando pela associação do traidor à Judas.

Oh oh oh oh
Estou apaixonada por Judas

Quando ele vier a mim, estarei pronta
Lavarei seus pés com meu cabelos, se preciso
Perdoarei quando sua língua mentir por causa de seu cérebro
Mesmo depois dele me trair três vezes

É uma pessoa apaixonada por um traidor mas que esta disposta a perdoa-lo e mesmo se curvar sobre ele após ser traída várias vezes. Uma pessoa submissa, que sofre por amor.
O trecho faz menção a duas passagens bíblicas, primeiramente faz referencia ao momento em que Maria Madalena lava os pés de Jesus com lágrimas e enxuga-os com seus cabelos. E Jesus mesmo sabendo do seu passado impuro não sente nojo ou repulsa mas diz:  

"os pecados dela, embora sejam muitos, estão perdoados, porque ela amou muito; mas aquele a quem se perdoa pouco, ama pouco.”


Maria Madalena enxuga os pés de Cristo com os cabelos.


Em seguida podemos observar uma referência a negação de Jesus Cristo por parte de Pedro, que após sua prisão negou Cristo três vezes antes de soar o sino, conjugando um outro tipo de traição.

Eu vou derrubá-lo, trazê-lo para baixo, para baixo
Um rei sem coroa, um rei sem coroa.

Nesse outro trecho podemos interpretar como o que aconteceu com Jesus, Ele era o rei dos Judeus, mas foi traido e morreu na cruz com uma coroa de espinhos. Dessa vez pode representar um desejo de vingança, de reagir a toda essa traição mas uma vingança que volta para o vingador, pois a crucificação de Jesus acabou com o homem mas fortificou o Deus.

Eu não poderia amar um homem tão puramente
Mesmo as trevas perdoaram seu caminho tortuoso
Aprendi que nosso amor é como um tijolo
Você pode construir uma casa ou afundar um corpo morto


Esse trecho tem varias referencias e apresenta mais de uma interpretação, antes de mais nada temos a história de uma pessoa pura, talvez religiosa, que perdoa a maldade do outro. Pode ser também uma alusão a teoria de que Judas não traiu Jesus, mas que apenas fez o que foi preciso (com ordens do próprio Jesus) para que Cristo morresse na cruz como deveria para salvar os pecados da humanidade. Judas seria então um mal necessário que não deveria ser condenado como foi, e ainda é por grande parte das pessoas, mas sim perdoado, como o próprio Jesus fez.
A outra referência que se faz presente é a teoria do tijolo, na história ele representa o amor, que pode ultrapassar fronteiras ou derrubar muralhas, mas num contexto bíblico ele pode ter um outro sentido, o sentido de que ao mesmo tempo que o amor de Judas acabou com Cristo, criou um legado, reforçando a idéia anterior do fim do homem e em fortalecimento do Deus.


No sentido mais bíblico 
Eu vou além do arrependimento
Fama de puta, meretriz prostituída, vomita seus pensamentos
Mas no sentido cultural
Eu só falo sobre o futuroJudas, beije-me se ficar ofendido
Ou proteja seus ouvidos na próxima vez

Esse é um dos trechos mais complexos, novamente observamos uma referência a Maria Madalena,uma prostituta impura por fora, uma Santa,pura, por dentro. Sobre Maria há uma vasta lista de teorias, hoje em dia sobretudo, em destaque na mídia graças ao filme (e livro) O Código da Vinci, que apresenta a teoria de que ela e Jesus teriam sido companheiros, "amantes" a grosso modo.
"Beije-me se ficar ofendido" pode ser interpretado de várias formas, o outro está ofendido pela impureza da pessoa amada ou mesmo pela pureza, e então essa pessoa em resposta diz para que ame-a independente de qualquer coisa e da próxima vez não ligue para o que os outros dizem. Outra analise seria dizer que o eu-lírico da canção está sendo irônico, se você está ofendido comigo me abandona logo de uma vez, me traia, me deixe, ou simplesmente fique quieto. No primeiro caso o beijo seria só uma forma de demonstrar amor, no segundo seria uma referencia ao clássico beijo da traição de Judas, representando o abandono mencionado anteriormente.

Eu quero amar você
Mas algo me afasta de você
Jesus é a minha força
Judas é o demônio a quem agarro

Judas beija Jesus na face, o beijo da traição.




Finalmente a ultima frase, outra frase complexa com mais de uma interpretação porem muito mais fácil de entender. Pode significar que a pessoa quer continuar sendo pura, e seguindo o melhor caminho, mas que apesar disso acaba se agarrando no amor errado que lhe traiu.
Pode também dizer que ainda tenta amar essa pessoa errada, mas que a fé, o bem, o afasta desse caminho, "Jesus é minha força", mesmo enquanto ainda se agarra a esse amor errado, esse amor ruim.


0 comentários:

Postar um comentário

Comente, Questione, Critique, Aconselhe, Tire Dúvidas.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Fica reservado ao Blog Filhos de YHWH ou não, de comentários anônimos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

468x60

energia a preço justo
Nelson Neto. Tecnologia do Blogger.
 
Filhos de Yhwh © 2012 | Designed by Nelson Neto