ISRAEL ABRE MUSEU LIGADO À PESSOA DE JESUS CRISTO

Israel inaugurou o seu primeiro museu de mosaicos antigos relacionados com o Cristianismo no local conhecido como "Estalagem do Bom Samaritano", no caminho entre Jerusalém e Jericó, próximo à localidade de Ma'aleh Adumim.

O agora chamado "Museu do Bom Samaritano" foi inaugurado após 9 anos de extensas escavações no local.
A dedicação oficial deste museu, que custou perto de 2 milhões de euros e que mostra mosaicos da Margem Ocidental e de Gaza, coincidou com a visita histórica de Obama ao Médio Oriente para estabelecer laços de amizade com o mundo islâmico.

Segundo palavras ditas na ocasião da inauguração, a presença do museu é também um sinal da ligação histórica de Israel àquela região.

"A abertura deste sítio arqueológico tão importante é uma afirmação clara e significativa de que não abandonámos estas terras e de que não cessaremos de sublinhar as nossas raízes nacionais e históricas nestas regiões" - afirmou o porta voz do Knesset no seu discurso inaugural.

O Ministro do Turismo, também presente, afirmou a sua esperança de que este sítio arqueológico, cuja entrada é gratuita, se torne numa grande atracção turística para os cristãos que visitam Israel.

"Acredito que este local se vai tornar num centro de peregrinação para milhões de cristãos do mundo inteiro" - afirmou o Ministro Misezhnikov.

O sítio, conhecido como "Estalagem do Bom Samaritano" recebeu este nome durante o período bizantino, quando foi identificado com a estalagem mencionada na parábola do "bom samaritano" no Novo Testamento. 

Durante esta última década os arqueólogos têm escavado e descoberto ruínas pertencentes ao período do Segundo Templo, portanto os dias de Jesus.

Durante o período bizantino o local foi reconstruído como estação de paragem para os peregrinos cristãos, e foi construída uma estalagem que incluía uma grande igreja, uma cisterna, espaços residenciais e uma fortaleza para proteger os peregrinos dos ladrões e malfeitores.

No tempo dos Cruzados, com a expansão das peregrinações até Jericó, e especialmente aos locais de baptismo no rio Jordão, a estalagem foi renovada e erigida uma fortaleza sobre a mesma para proteger o caminho até Jerusalém.

Os mosaicos expostos no museu foram descobertos na Margem Ocidental e em Gaza e pertencem a sinagogas judaicas e samaritanas, incluindo um mosaico de uma sinagoga em Gaza, e ainda a igrejas cristãs.

A mistura de mosaicos no museu - que está dividido numa exposição exterior e numa interior - foi inspirada pela história do Bom Samaritano e representa membros de três fés diferentes: os Judeus, Jesus e um Samaritano, o qual realiza uma obra de misericórdia.

A Pessoa de Jesus e Seus ensinamentos tornam-se cada vez mais conhecidos em Israel e certamente que a abertura deste museu abrirá portas ao conhecimento e mais ainda à fé que muitos precisam de depositar em Jesus, o maior Judeu de sempre!

Shalom, Israel! 

Fonte

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, Questione, Critique, Aconselhe, Tire Dúvidas.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Fica reservado ao Blog Filhos de YHWH ou não, de comentários anônimos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

468x60

energia a preço justo
Nelson Neto. Tecnologia do Blogger.
 
Filhos de Yhwh © 2012 | Designed by Nelson Neto