UM NOVO TIPO DE CRISTIANISMO - PARTE 1


Homens e mulheres de visão requerem um novo tipo de Cristianismo. Eles não desejam uma nova filosofia ou um novo conceito metafísico de Cristo, mas uma revelação da realidade que foi vista em Jesus quando de sua caminhada terrena. Temos olhado para trás procurando por essa revelação, mas ela não está no passado. A Igreja primitiva não tinha isso pelo qual os corações estão ansiando. 

Você entende, a Igreja primitiva não tinha ainda a Revelação Paulina de Cristo, de Sua Substituição, do Corpo de Cristo, ou de Seu ministério à destra do Pai a nosso favor.

Eles haviam tido o contato dos três anos referentes à caminhada terrena de Cristo.

Eles eram Novas Criações. Haviam experimentado tudo o que Deus nos revela através de Paulo, mas não o entendiam. Sabiam acerca de Sua morte na cruz. Eles a haviam visto. Sabiam acerca da Sua ressurreição como sendo uma realidade. Tinham comido com Ele, andado com Ele, comunhão com Ele, depois de Sua ressurreição. Haviam-nO visto ascender ao céu. Estavam presentes no dia de Pentecostes, quando o Espírito Santo veio à terra, e quando a Igreja nasceu.
 
Contudo, não sabiam que eram Novas Criações. Eles tinham evidências de primeira mão quanto a tudo o que havia ocorrido. Não sabiam que eram a justiça de Deus em Cristo. Tiveram experiências maravilhosas, mas não sabiam qual era a sua causa.

Eles não estavam andando pela fé então. Estavam andando por vista, pelo que ouviam e sentiam.
João disse: “O que era desde o princípio, o que temos ouvido, o que temos visto com os nossos próprios olhos, o que contemplamos, e as nossas mãos apalparam, com respeito ao Verbo (à Palavra) da vida” (1 Jo 1:1)

A Igreja primitiva andava na esfera dos sentidos. Deus permitiu isso porque a Revelação mais ampla não havia ainda sido dada. A Revelação Paulina não chegou às mãos da Igreja senão no começo do segundo século.

O que é Esta Nova Coisa?

É o Novo Homem criado em Cristo Jesus, 2 Coríntios 5:17: “E, assim, se alguém está em Cristo, é Nova Criatura”.

Este novo homem será como Cristo, Efésios 2:10, “Pois somos feitura dEle, criados em Cristo Jesus”.     

Em sua vida de amor este novo homem traz a solução para o problema do homem. Ele trará Deus à terra novamente. Ele viverá e andará como Jesus vivia e andava entre os homens. Eis alguns fatos surpreendentes quanto a este homem da Nova Criação.

João 8:32 diz: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. O versículo 36 diz: “Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres”. Vocês saberão da realidade e essa realidade os libertará.

O que é esta realidade? É a resposta para o anseio do coração humano. É a coisa que o homem tem buscado ao longo das eras. Esta fome do coração nos deu todas as religiões humanas. Este Novo Homem que entra na plena consciência de seus direitos será livre.

Colossenses 1:9-12 introduz algumas verdades surpreendentes: “Por esta razão, também nós, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós”.

Ouça esta oração. É a oração que o Espírito faz por cada um de nós: “Que transbordeis de pleno conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e entendimento espiritual”. A palavra grega “epignosko”, que é traduzida como “conhecimento”, é mais do que simplesmente conhecimento. É um “conhecimento exato”, um “conhecimento perfeito”. É um conhecimento em toda sabedoria e revelação espiritual. A sabedoria espiritual não é um produto dos sentidos, pois o Conhecimento pelos Sentidos não pode perscrutá-la. Por exemplo, os primeiros três capítulos em Efésios são um exemplo do uso de “epignosko”. Eles descortinam o assunto para que possamos olhar para o exato propósito do coração de Deus Pai.       

Este conhecimento é um conhecimento de Sua vontade. Ele nunca desejou que fossemos brinquedos nas mãos do inimigo. Ele planejou que quando a igreja viesse a existir, ela fosse composta de Seus filhos e filhas – que fossem senhores sobre os demônios governantes sobre o mundo.

Eles deveriam governar sobre as leis da Natureza. Deveriam dominar sobre as leis da natureza como fez Jesus em Sua Caminhada terrena. Deveriam controlar os ventos e as ondas.

Deveriam ser senhores sobre a criação animal. A autoridade perdida no Jardim do Éden deveria lhes ser restaurada no Nome de Jesus.

Mas a Igreja não tem sabido nada a respeito disso. Foi-nos ensinado que somos pobres, vermes miseráveis do pó da terra, que precisamos ser controlados por Satanás, que precisamos viver vidas de pobreza e carência, e que somos por demais indignos para que nossas orações sejam respondidas.

Cultivaram em nós um senso de indignidade que nos privou da iniciativa espiritual e nos manteve num estado de escravidão ao medo, à ignorância e ao pecado. Não sabíamos que o problema do pecado havia sido resolvido.

O objetivo deste conhecimento é andar “de modo digno do Senhor, para o seu inteiro agrado, frutificando em toda boa obra”.   

Jesus disse: “Eu sou a videira, vós, os ramos”.  

Somos os ramos de Cristo. Fazemos parte de Cristo. Somos um renovo de Cristo e Cristo é o fruto a ser produzido por nós. Ele não pode produzir frutos agora. Nós somos os ramos, assim devemos produzir fruto em toda boa obra.

Enquanto isso “estamos crescendo neste exato conhecimento do Pai”. Devemos ser “fortalecidos com toda Sua capacidade (poder), de acordo com a força de sua glória, em toda firmeza e toda longanimidade com alegria”.

Este é o auge! Isto está nos erguendo acima das circunstâncias, acima do domínio e poder de Satanás, e tornando-nos dominadores absolutos onde antes estávamos servindo tremulamente como escravos.

Temos a solução para isso em Colossenses 1:12: “Dando graças ao Pai, que nos deu a capacidade de desfrutar nossa parte na herança dos santos na luz” (Trad. Lit.)

Continua...

Autor

E. W. Kenyon
Informações sobre o autor em Inglês:
Sociedade Publicadora Evangélica de Kenyon
Do original em Inglês: A New Type of Christianity
Detentor do Copyright Desconhecido








2 comentários:

  1. V disse...:

    É isso que tenho dito e pensado eu quero sim um novo tipo de cristianismo O Único, O Verdadeiro O De Cristo Jesus. Os "irmãos" precisam enteder que ser "irmão" é mais que uma palavra, é mais que gostar muito de alguém é mais do que ter nascido do mesmo ventre, é ter nascido novamente em Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.

  1. Filhos de YHWH disse...:

    Que bom que Gostou V, creio que o restante desta mensagem irá te abençoar trazendo novos orizontes e respostas.

    T+

Postar um comentário

Comente, Questione, Critique, Aconselhe, Tire Dúvidas.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Fica reservado ao Blog Filhos de YHWH ou não, de comentários anônimos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

468x60

energia a preço justo
Nelson Neto. Tecnologia do Blogger.
 
Filhos de Yhwh © 2012 | Designed by Nelson Neto