O TÚMULO DOS REIS DE ISRAEL


Entrada de Mikva'ot
Geralmente considerado como a tumba maior e mais bonita em Jerusalém, o chamado "Túmulo dos Reis" era o lugar de descanso final para a família da rainha Helene de Adiabene no primeiro século dC. Localizado 820 metros ao norte das muralhas da Cidade Velha, o túmulo tem o nome de primeiros exploradores que acreditaram que nesta tumba magnífica foram depositados os membros da dinastia de David.

Escadaria Monumental
O túmulo foi descrito pelo geógrafo grego Pausânias como o segundo túmulo mais bonito do mundo (depois do túmulo de Mausolo, uma das sete maravilhas do mundo antigo). Esta escadaria de 9 metros de largura foi originalmente pavimentada e levava a um pátio com vários banhos rituais (só recentemente identificada como tal). A água coletada para os banhos provinha de um sistema de canais esculpidos em diferentes pontos.

A Fachada
Os 90 pés de fachada (28-m) foi coroada com três pirâmides que já não existem, mas são descritas por Josephus e outras fontes antigas. A arquitrave era inicialmente apoiada por dois pilares, fragmentos dos quais foram encontrados nas escavações. O estudo definitivo deste sítio arqueológico foi feito por Maximilan Kon na primeira dissertação de doutorado do departamento de arqueologia da Universidade Hebraica.
A Pedra Rolante
A entrada para a tumba foi selada com uma grande pedra rolante. Esta pedra foi colocada num canal profundo em que podia ser empurrada para trás e mantida no lugar apoiada a uma pedra menor. No primeiro século dC, um "mecanismo secreto" (assim NEAEH) operado por pressão de água movia a pedra. Provavelmente uma pequena quantidade de pressão de água activava um sistema de pesos para abrir o túmulo.

Lóculos

Os dois tipos mais comuns de túmulos no primeiro século dC., ambos encontrados neste lugar são muito complexos. Lóculos (kokhim) era um túmulo alongado e estreito em que os mortos eram colocados e fechados com uma placa de pedra que provavelmente tinha o nome do ocupante inscrito no mesmo. Canais no centro dos eixos provavelmente foram esculpidos para drenar a água que se infiltrava através da rocha.

Arcossólio
Duas das oito câmaras funerárias têm arcossólio, lugares de descanso feitas de um banco com um arco sobre ela. Alguns dos arcossólios têm nichos triangulares, onde eram colocadas lâmpadas de óleo para dar a luz durante o processo de sepultamento. Dois grandes sarcófagos de pedra também foram encontrados na tumba que saqueadores não encontraram. Uma inscrição numa menciona a "Rainha Saddah."

Consulta:
Guerra dos Judeus, Flavio Josefo
Découberte des Mondes ensevelis, André Parrot
La Bible à la Lumière de L´Archeologie
Le Monde de la Bible

Pesquisa feita por Pr. José Carlos Costa

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, Questione, Critique, Aconselhe, Tire Dúvidas.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Fica reservado ao Blog Filhos de YHWH ou não, de comentários anônimos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

468x60

energia a preço justo
Nelson Neto. Tecnologia do Blogger.
 
Filhos de Yhwh © 2012 | Designed by Nelson Neto