PREDIZ A BÍBLIA O FIM DA TERRA? SAIBA!


Fim da terra
O FIM DO MUNDO — quatro palavras que aterrorizaram muitos corações no decorrer dos séculos da história humana. Hoje já perderam muito de seu impacto, visto que a crença religiosa está desaparecendo. Todavia, as predições de uma catástrofe mundial não se limitam ao campo da religião. Os cientistas de diversos ramos do conhecimento humano advertem sobre uma calamidade para a raça humana.

TEMORES CIENTÍFICOS
Astrônomos têm alistado pelo menos quatro ameaças à continuação da vida na terra. Sob o título “As Quatro Catástrofes Cósmicas Que Ameaçam a Terra”, a revista científica francesa Science et Vie enumerou-as assim: a explosão de uma supernova, uma gigantesca erupção solar, a queda de um gigantesco meteorito ou a entrada de todo o sistema solar numa nuvem de poeira cósmica que absorveria tanto do calor do sol, que a terra congelaria.
Ao mesmo tempo, os ecólogos advertem cada vez mais contra os perigos da poluição pelo uso e abuso de substancial desnaturais que põem em perigo a saúde e até a vida humana e animal. Sim, a poluição está envenenando o ar que respiramos, o solo e o alimento que este produz, e os mares, junto com os peixes que consumimos. O desmatamento imprudente e egoísta tem causado tanto inundações desastrosas como desertos produzidos pelo homem.
Consideradas individualmente, essas ameaças ambientais, sem dúvida, não bastariam para acabar com a vida na terra. Mas, em conjunto, constituem um perigo enorme. Numa entrevista concedida ao semanário parisiense L’Express, Maurice Strong, ex-secretário-geral da Conferência Mundial do Meio Ambiente, declarou há pouco tempo: “Se o homem continuar a adotar tal atitude arrogante para com a natureza, embora deteste dizê-lo, ele finalmente desaparecerá.”
No entanto, a ameaça mais iminente à vida na terra — aquela que foi classificada como “O Holocausto Final ou Apocalipse” e chamada erroneamente de “Armagedom” — é a possibilidade bem real de uma guerra nuclear total. As nações militarizadas do mundo armazenaram armas nucleares com um poder explosivo equivalente a diversas toneladas de dinamite para cada homem, mulher e criança na terra. Não é de admirar que se fale da ameaça nuclear em termos de fim do mundo!
O QUE ENSINAM AS IGREJAS?
Para centenas de milhões de católicos e muitos protestantes, expressões tais como “Juízo Final”, “Dia do Juízo” ou “fim do mundo” suscitam visões de um ajuste de contas final e da destruição da terra. Sob o cabeçalho “Fim do Mundo”, o abalizado Dictionnaire de Théologie Catholique declara: “A Igreja Católica crê e ensina que o mundo atual, assim como Deus o fez e assim como é, não durará para sempre. Todas as criaturas visíveis feitas por Deus no decorrer das eras . . . deixarão de existir e serão transformadas numa nova criação.”
As igrejas da cristandade ensinam que o derradeiro destino do homem é a beatitude eterna no céu ou então a punição eterna no “inferno”. Segundo elas, a terra não desempenha nenhum papel permanente no propósito de Deus. Contudo, os teólogos católicos e protestantes sabem muito bem que a Bíblia fala sobre a vinda do reino de Deus, com o objetivo de que se faça a vontade de Deus ‘na terra assim como no céu’. (Mateus 6:10) Sabem que esta é uma das coisas essenciais pelas quais os cristãos oram. 

Conhecem também muito bem a promessa da Bíblia, de “uma nova terra” em que há de morar a justiça. (2 Pedro 3:13Revelação 21:1-4) Mas a teologia católica e protestante sobre estes textos e muitos outros que falam sobre a terra no propósito de Deus é vaga, e até mesmo evasiva.
Por outro lado, depois de terem enviado todos os bons para o céu e os iníquos para o “inferno”, muitos dos teólogos da cristandade citam prontamente textos tais como “céu e terra passarão” (Mateus 24:35) para ‘provar’ que a terra será destruída. Têm imenso prazer de se livrarem da terra, para a qual não encontram nenhum lugar na sua teologia. Interpretam de maneira bem conveniente o que algumas traduções da Bíblia chamam de “fim do mundo” como significando o fim da terra. — Mateus 24:3.
O CONCEITO BÍBLICO
Então, o que quer dizer a Bíblia com o “fim do mundo”? Primeiro, deve-se notar que aquilo que algumas versões traduzem como “fim do mundo” é vertido por outra por “encerramento da era” (Revised Standard Version, tanto na edição protestante como na católica), “consumação do século” (Almeida, atualizada) ou “terminação do sistema de coisas” (Tradução do Novo Mundo). 

As palavras “encerramento”, “consumação” ou “terminação” são traduções mais precisas da palavra grega syntéleia, que é diferente de telos (fim ou fim completo; veja Mateus 24:6, 14). Também, “era” e “sistema de coisas” são traduções mais exatas de aión, que é diferente de kósmos, palavra que em geral designa o mundo da humanidade.
É interessante notar que a palavra kósmos não ocorre em nenhum dos textos que contêm as palavras às vezes traduzidas erroneamente por “fim do mundo”. De modo que esta expressão não significa o fim da humanidade Refere-se à terminação de um sistema iníquo de coisas, ao fim de uma era (aión) caracterizada pela atuação má de “homens ímpios”. — Veja 2 Pedro 3:7.
Longe de predizer o fim da terra, a Bíblia apresenta a promessa de um maravilhoso futuro para o nosso belo planeta. Mas, a terra precisa primeiro ser limpa do atual sistema iníquo. Portanto, o fim deste sistema é algo a se aguardar.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, Questione, Critique, Aconselhe, Tire Dúvidas.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Fica reservado ao Blog Filhos de YHWH ou não, de comentários anônimos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

468x60

energia a preço justo
Nelson Neto. Tecnologia do Blogger.
 
Filhos de Yhwh © 2012 | Designed by Nelson Neto