ASSASSINATOS CONTRA GAYS: DADOS MANIPULADOS

Júlio Lins
Segundo reportagem da Agência Câmara, "pesquisas registram mais de 200 assassinatos a homossexuais em todo o país". Sim, mas assassinados por quê? Pelo fato de serem homossexuais? Pelo fato de estarem em ambientes marcados pela violência? Pelo consumo de drogas? Pela libertinagem? Por latrocínios? Pelo fato de estarem de madrugada em ruas e bairros perigosos? Não se cita. Assim sendo, parece que, se um homossexual estiver andando de madrugada na Vila Cruzeiro no Rio de Janeiro e calhar de ele ser assassinado, engrossará as estatísticas de "assassinatos contra homossexuais".
Não bastasse a ausência de detalhes em tais pesquisas, todos os veículos de imprensa falham em mencionar que, no Brasil, no ano de 2007, ocorreram 47.707 assassinatos. Logo, se cerca de 200 são contra homossexuais, então o número de assassinatos contra homossexuais é 0,42% do total.
Homossexuais representam 0,42% da população? Certamente não. Não há pesquisas isentas sobre o número de homossexuais no Brasil, embora os grupos gays mais radicais dizem chegar a 9% da população. No entanto, na Europa, onde a aceitação ao homossexualismo é maior que no Brasil, a porcentagem de gays não chega a passar de 2%.
No Reino Unido, segundo pesquisa da ONS (Office for National Statistics), feita com quase 250.000 pessoas, chegou-se à conclusão que 1,3% dos homens são gays, 0,6% das mulheres são lésbicas e 0,5% são bissexuais. No total, 1,5% das pessoas são gays ou bissexuais.
Na Espanha, pesquisa da INE, baseada em 10.838 entrevistas praticadas no último semestre de 2003, assinalou que somente 1% da população mantém relações exclusivamente homossexuais. A população que reconhece ter tido em alguma ocasião este tipo de relação ao longo de sua vida é de 3%, 3,7% entre os homens e 2,7% entre as mulheres.
No Canadá, pesquisas feitas em 2003 com 121.000 adultos canadenses mostrou que somente 1,4% se consideravam homossexuais.
O fato é que, de uma forma ou de outra, se o número de assassinatos contra gays é de cerca de 200, os gays estão subrepresentados quanto ao total de assassinatos, ou seja, os gays são menos propensos a sofrer violência e assassinatos que o resto da população, ao contrário do que a grande mídia propala.
Alguém poderia dizer: e a agressão contra um homossexual ocorrida recentemente em São Paulo? Eu responderia: Sim, é um caso deplorável, mas se a pessoa agrediu o homossexual, o Código Penal já prevê punição para ela; o que não pode acontecer é o crime se tornar maior pelo fato de o agredido ser homossexual, pois isso configuraria uma discriminação contra todos os não-homossexuais.
Quantas pessoas morrem por ano em filas de hospitais? Seriam menos de 200? E o número de mendigos mortos queimados, principalmente no Nordeste? Seriam menos de 200 por ano? Quantas pessoas inocentes morrem por dia na violência das grandes cidades? Seriam menos de 200 por ano? Quantos policiais morrem vítimas da violência? Quantas pessoas morrem por ano vítimas das drogas? Quantas pessoas morrem por ano em acidentes de trânsito? Seriam menos de 200?
Logo, não faz sentido nenhum as polícias e o Poder Judiciário desviarem a atenção dos 99,58% de assassinados no Brasil (uma vez que a segurança pública brasileira é insuficiente para atender as pessoas que mais precisam dela) para dar tratamento especial a uma minoria de 0,42% que, aliás, está subrepresentada nas estatísticas de assassinatos.
Divulgação: www.juliosevero.com

1 comentários:

  1. Junior Dingty disse...:

    Que absurdo... há drogas em qualquer ambiente, sejam eles para heteros ou homos... me parece que essa reportagem está querendo comparar situações completamente diferentes para denegrir a imagem dos gays...
    Na reaidade eu concordo que existem muitos gays com atitudes incorretas, assim como tbm existem muitos heteros com o mesmo erro de conduto... Travestis se prostituem, homens e mulheres tbm fazem isso... em boates gays há drogas, em boates heteros e em quase toda parte há drogas tbm...
    Eu como gay, nunca fumei, não fui mais em boate desde que vi que o que acontece lá dentro eh errado, trabalho, pago minhas contas e impostos, e não consigo aceitar a hipocresia de gente dizendo serem dilhas de YHWH, e julganhdo a todo o momento os homossexuais... A biblia que vcs acreditam, foi tão manipulado que diz poucas verdades, e vcs são capazes de condenar as pessoas por elas, e por mais que seja verdade, deveriam deixar pra o Criador dar a paavra final... quem julga tbm há de arcar com as consequências...
    Eu nem participo desse tipo de coisa, mas se os homossexuais buscam leis para se proteger, é pq há muito preconceito por parte de todos, e inlusive da falsa igreja...
    Psatores roubam fiéis, padres abusam de criancinhas, e os homosseuais são sempre o alvo por quererem proteção...
    Policiais morrem, mas matam tbm...
    transito mata, talvez pq a lei não seja tão rigorosa...
    As pessoas que morrem em hospitais, não podem ser gays tbm?? vcs estão excluindo os gays do resto da população, como se fossemos diferentes em todos os aspectos, mas somos em apenas um...
    Agora, se o preconceito não existisse, eu poderia afirmar que mais da metade da população seria declaradamente GAY...

    tem muita gente se intitulando filha de YHWH, e crente na sua salvação...

    sE VCS DEIXASSEM DE LADO A LUTA DOS HOMOSSEXUAIS EM PROL DE SI PRÓPRIOS, E CORRESSEM ATRÁS DOS OUTROS PROBLEMAS DO PAÍS, INVÉS DE RECLAMAREM DAS ESTATISTICAS, TALVEZ NÃO TIVESSEM QUE DAR ESSE TIPO DE NOTICIA...

    SABEM TÃO POUCO DA VERDADE E SE ACHAM DONOS DELA...

    PROMISCUIDADE PODE SER COISA DO DIABO
    AMOR NÃO, MESMO QUE SEJA AMAR ENTRE IGUAIS

Postar um comentário

Comente, Questione, Critique, Aconselhe, Tire Dúvidas.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Fica reservado ao Blog Filhos de YHWH ou não, de comentários anônimos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

468x60

energia a preço justo
Nelson Neto. Tecnologia do Blogger.
 
Filhos de Yhwh © 2012 | Designed by Nelson Neto