A Rainha dos céus


A origem da trindade pagã


A trindade pagã formada por: um deus, uma deusa e seu filho podem ser vista nas mais diversas religiões como: Íris, Osíris e horus (no Egito), Brahma, Vishnu e Shiva (na índia). Muda-se apenas o local de adoração, mas a forma é a mesma.


A Rainha dos céus aparece no velho testamento no tempo do Profeta Jeremias (44:17) e no novo testamento no tempo do Apóstolo Paulo em Efésios com o nome de Diana – “a deusa” que caiu de júpiter:


Então o escrivão da cidade, tendo apaziguado a multidão, disse: Homens efésios, qual é o homem que não sabe que a cidade dos efésios é a guardadora do templo da grande deusa Diana, e da imagem que desceu de Júpiter? (Atos 19 : 35)
O Apóstolo Paulo passou pela mesma situação do profeta Jeremias quando exortou o povo sobre o erro que estava cometendo. A rainha dos céus apenas muda de nome constantemente até os dias de hoje, assim como no Egito, em cada lugar que ela aparece recebe um novo nome.


Essa crendice popular está tão enraizada no Brasil que a única diferença do tempo do Apostolo Paulo para o nosso é que a imagem saiu das margens de um rio.




A confusão criada pela Rainha dos céus no Apocalipse


O Apocalipse católico, sem dúvida alguma, é muito confuso devido o recebimento constante de mensagens extras Apocalípticas falsas atribuídas ao Senhor Jesus e a Virgem Maria. Essa inclusão de profecias marianas ao apocalipse criou uma distorção contraditória do que estamos realmente vivendo.


O que torna esse apocalipse tão confuso é o fato dessas profecias marianas estarem atribuindo dois títulos para o anticristo ao mesmo tempo, ou seja, para os católicos a Besta do Abismo e o Anticristo são a mesma pessoa. Isso contradiz totalmente a verdade que foi revelada pelo profeta Daniel, onde ele afirma que o Anticristo será auxiliado por um Deus estranho:


Com o auxílio de um deus estranho agirá contra as poderosas fortalezas; aos que o reconhecerem multiplicará a honra, e os fará reinar sobre muitos, e repartirá a terra por preço. (Daniel 11 : 39)


O segredo de satanás e selar o nome da Besta para o maior número de pessoas, sejam católicos, evangélicos, Judeus, mulçumanos, espíritas em geral ou o Islã não existe como lutar com alguém se você não sabe quem ele é. Afinal, se o seu verdadeiro nome for revelado ele jamais poderia dar continuidade na criação da Religião global. É como brincar de esconde-esconde, quando alguém é descoberto não pode permanecer mais escondido.






As contradições criadas pela rainha do céu no catecismo
Mas a contradição não para por ai, a rainha dos céus criou tanta confusão que entrou em contradição até com os ensinamentos do catecismo, quando ela atribui ao Antipapa (personagem extra Bíblico que faz dupla com o anticristo) como o “unificador das religiões”:


A.43.4 Significação da apostasia
§2089 A incredulidade é a negligência da verdade revelada ou a recusa voluntária de lhe dar o próprio assentimento. "Chama-se heresia a negação pertinaz, após a recepção do Batismo, de qualquer verdade que se deve crer com fé divina e católica, ou a dúvida pertinaz a respeito dessa verdade; apostasia, o repúdio total da fé cristã;
cisma, a recusa de sujeição ao Sumo Pontífice (PAPA) ou da comunhão com os membros da Igreja a ele sujeitos."


O catecismo não deixa duvidas de que ninguém pode questionar o pronunciamento do Papa, mas afinal quem é que vai unificar as religiões o Papa ou o Anti-papa? Na epístola enviada aos cristãos a ordem é clara -o papa deve fazer o pronunciamento da religião global.


Então por qual outro motivo o Papa declarou a supremacia das religiões cristãs? O que o vaticano está fazendo no parlamento das religiões na ONU se o nosso Deus verdadeiro não tem parte alguma com esse governo? Por que os cristãos ortodoxos já começam a apoiar o Papa? Por que o ritual esperado pela ONU está sendo totalmente reproduzido no santuário Bizantino?


O vaticano está cada vez diminuindo o tempo de beatificação dos seu santos devido a uma mensagem atribuída a Maria que diz o seguinte: “e para uma aprovação ser validada iria precisar de anos e estudos, coisa que não é necessária devido a urgência dos apelos de Nossa Senhora em seus apelos pelo Mundo devido a proximidade do que virá acontecer pela frente”. Essa aceleração no processo de beatificação fará com que o processo de criação da nova religião global também seja acelerado. Entre verdades e mentiras o consenso relativo também prevalecerá no parlamento das religiões.


E por fim, como já sabemos, Maria (mãe de Jesus) é nossa irmã em cristo e não uma intercessora do Senhor Jesus.





Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo . (I Timóteo 2 : 5)


Referências:


Sonhos e visões sem qualquer base Bíblica:

Os filhos apanham a lenha, e os pais acendem o fogo, e as mulheres preparam a massa, para fazerem bolos à rainha dos céus, e oferecem libações a outros deuses, para me provocarem à ira. (Jeremias 7 : 18)
O papel da Rainha dos céus na nova ordem mundial de Baha’u’llah é fazer com que os católicos façam parte do novo sistema econômico aceitando a marca da Besta que será indicada por ela ( a sua própria insígnia). Foi para esse fim que Baha’u’llah escreveu a profecia abaixo durante o século 19:


“XLII. .... Eu, então, chamado a regressar, olhei e eis que certas aves de santidade estavam sendo atormentadas nas garras dos cães terrenos. Com isso, a Donzela do Céu, resplandecente, sem véu, apressou-se a sair de Sua mansão mística e perguntou seus nomes, e todos foram ditos, menos um.”
As aparições Marianas oficiais são:

1) Aparições em Akita
2) Aparições do Carmo
3) Aparições de Fátima
4) Aparições de Guadalupe
5) Aparições N.Sª Graças
6) Aparições em La Salette
7) Aparições em Lourdes
8) Aparições em Zeitun
9) ????

Como o sinal de Baha’u’llah é a estrela de nove pontas a Rainha dos céus também deve possuir o mesmo símbolo. Esse símbolo encontra-se no site do banco central do Brasil e faz parte da Ordem da Nossa Senhora da Conceição.

Essa grã-cruz possui um título efetivo de nobreza para a maçonaria e o catolicismo romano. O que leva a crer que a ordem apenas aguarda a nona aparição Mariana para iniciar a reforma econômica.

Insígnia: placa irradiada sobre a qual estão apostas nove pequenas estrelas brancas, e , encimada por coroa real, estrela branca de nove pontas. Ao centro, medalhão redondo com as letras A e M entrelaçadas, em relevo, circundado por orla azul-ferrete com a legenda "PADROEIRA DO REINO". Fita e banda azul-claro, com orla branca.
Graus: cavaleiro, comendador e grã-cruz.

D. João VI, ao ser aclamado Soberano do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, em 6 de fevereiro de 1818, criou essa Ordem para perpetuar a data e homenagear Nossa Senhora da Conceição, Padroeira do Reino desde 1646. A sua regulamentação foi publicada em 10 de setembro de 1819.

D. João tomou para si, e para os que sucedessem o trono, o título de Grão-Mestre, em igualdade de condições com as demais Ordens Militares. Esta Ordem, apesar do cunho religioso, era, também, militar.

Em reconhecimento e devoção à Padroeira do Reino, todas as pessoas da Família Real receberam a categoria de Grã-Cruzes efetivos. As grã-cruzes honorárias eram conferidas a pessoas que tivessem título de nobreza; as comendas, aos que tivessem filiação de fidalgo na Casa Real; e as insígnias de Cavaleiro, aos nobres e empregados que prestassem serviços ou merecessem a real contemplação do Rei.

Quando de seu regresso a Portugal, D. João VI transferiu também os livros desta Ordem.


http://www.bcb.gov.br/?ORDMILCON

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, Questione, Critique, Aconselhe, Tire Dúvidas.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Fica reservado ao Blog Filhos de YHWH ou não, de comentários anônimos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

468x60

energia a preço justo
Nelson Neto. Tecnologia do Blogger.
 
Filhos de Yhwh © 2012 | Designed by Nelson Neto