ADORAÇÃO E OBSESSÃO AOS MORTOS - PARTE 3

O dia dos finados. Uma aberração retirada do paganismo
 


Não bastasse a enorme idolatria contida em todo o contexto do Catolicismo Romano, esta seita também incorporou um ritual pagão encontrado em varias religiões e cultos demoníacos espalhados ao redor do mundo “O dia dos mortos ou como é chamado “O dia dos finados.”
Como sempre este dia foi incorporado ao calendário do Catolicismo Romano para atrair os pagãos e prostituir o Cristianismo com costumes e cerimônias oferecidas a outros deuses, os quais a própria Bíblia chama de demônios.
Alem disso, um cristão autentico nunca honraria uma pessoa morta da forma como esta seita romana incentiva que seja feito.
Cristãos autênticos crêem em uma vida com Cristo após sua morte, pois na realidade sabem que os que partiram serão recebidos nas mansões celestiais. Ou seja, sabem que seus amigos parentes e irmãos estão vivos em outro lugar. Sabem também que qualquer coisa que façam não influencia em nada a vida eterna daqueles que dormiram em Cristo, pois os mortos não podem nos ver, nem comunicar-se conosco conforme nos ensinam as Sagradas Escrituras.
“Quem crer em mim, ainda que morra, viverá” (João 11:25)
Um cristão autentico entende pelos ensinamentos bíblicos que não adianta acender velas, ou depositar flores em túmulos e também rezar em favor das almas de seus parentes e amigos. Estes ensinamentos católicos são uma grande blasfêmia contra o plano divino de salvação e estas praticas não agradam ao Senhor Deus e também não condizem com seus mandamentos.
Pela Bíblia nos inteiramos de que os mortos não se comunicam com os vivos ( Is 8.19).Que não tem a pessoa falecida consciência do que ocorre com os vivos no lugar onde está e que os cristãos ficam com Cristo no céu (2 Co 5.6-8; Fp 1.21-23); os descrentes ficam no Hades até o dia do Juízo Final, quando de lá sairão para o Lago de fogo ou Geena (Lc 16.22-25; Ap 20.11-15). Nada sabem do que ocorre na terra (Hb 9.27). Devemos ter respeito pelos nossos parentes enquanto vivos, mas não há possibilidade de que eles nos ajudem ou prejudiquem depois da morte.
Ao incentivar a observação deste dia pelos fieis católicos, o Catolicismo esta introduzindo este povo nos ensinamentos profanos das religiões espíritas.
Mais uma vez as mentiras e pactos satânicos do Catolicismo Romano estão levando multidões a distanciar-se de um verdadeiro encontro com Deus.
“Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó? Ora, ele não é Deus de mortos, mas de vivos.” (Mateus 22:32)

O que está por trás do dia dos finados?
Como mencionamos anteriormente o “dia dos finados” como é popularmente chamado é um dia introduzido do paganismo. Este dia é observado por inúmeras seitas e cultos pagãos.
No entanto o mais relevante sobre esta cerimônia é o fato de ter se originado principalmente do paganismo do povo Celta.
O dia de finados, o dia de todos os santos e a popular festa do Halloween estão extremamente ligados e ambos remontam as épocas do paganismo celta.
No dia 31 de outubro é comemorado o Halloween. Logo em seguida o Dia de Todos os Santos e o Dia de Finados caem respectivamente em 1º e 2 de novembro.
Esta tradição teve inicio através da mesma estratégia desonesta do Catolicismo agindo como uma esponja absorvendo cultos e seitas sem se preocupar com verdadeira conversão, movidos por ganância e promovendo esta terrível prostituição cultual que é o que parece saber fazer melhor.
Durante a evangelização e conversão forçada dos povos celtas nos séculos IV-VIII da era cristã, foi percebido pelo Catolicismo que as festas pagãs eram muito importantes para estes povos e que de maneira alguma deixariam de praticá-las para abraçar a nova fé que lhes era imposta.
 
Usou-se então a estratégia de manter a mesma festa com o pretexto de ser uma festa cristã. Sendo assim os povos celtas não precisariam deixar de praticar o seu paganismo ritual, apenas o trariam para dentro do suposto cristianismo.
Em 737, o Papa Gregório III escolheu a data de 1º de novembro para celebrar a festa da consagração de uma capela na basílica de São Pedro (Roma) em honra de Todos os Santos. Em 834, o Papa Gregório IV estendeu a festa a toda Igreja Católica. Em 998, Odilon, abade do mosteiro de Cluny, na França, começou a celebrar no dia 2 de novembro a reza em favor do descanso das almas no Purgatório, o que também mais tarde foi estendido aos demais cristãos por outros Papas, iniciando-se assim o que conhecemos como Dia de Finados. Desta maneira procurava-se “cristianizar” a celebração da vinda dos espíritos dos mortos praticada pelos druidas.
Qual seria então o real perigo destas comemorações?
Ora. Por ser um dia pagão traz em seu âmago uma mensagem terrível. Segundo os antigos Druidas sacerdotes e lideres espiritualistas dos povos celtas, nestas datas acreditava-se que os espíritos dos mortos podiam se manifestar aos vivos, pedindo oferendas causando vários tipos de distúrbios no mundo material. Também era o tempo propício para serem feitos contatos e pactos com duendes gnomos, bruxas demônios e deuses, pois segundo acreditavam, existia uma atmosfera propicia para isto.
Durante os festejos havia um espírito de pavor, uma atmosfera de medo, pois coisas estranhas podiam ocorrer. Crianças desapareciam e não mais eram vistas, colheitas podiam ser destruídas e muitos males poderiam ocorrer se não oferecessem sacrifícios aos mortos e aos muitos demônios do mundo espiritual.
Animais eram sacrificados, comidas eram oferecidas e grandes fogueiras eram acesas onde criminosos e prisioneiros eram queimados vivos em oferenda aos espíritos.
Por causa disto este período era chamado de Samhain uma palavra de origem celta para designar "O Senhor da Morte". Os celtas dedicavam o último dia de outubro para celebrar a "Festa dos Mortos".
Esta data é uma data extremamente importante para o satanismo e bruxaria modernos, pois simboliza o relacionamento da "Grande Deusa" representada pela Lua com seu filho, o "Deus Chifrudo" representado pelo Sol, ela é celebrada intensamente hoje em dia por estas seitas
Na crendice popular segundo crêem muitos católicos, no Dia de finados não se pode pescar, caçar, pois é o dia das almas dos mortos saírem para vagarem pela terra e realizarem aquilo que praticavam quando ainda vivas.
Durante esta data 2 de novembro centenas de milhares de católicos vão aos cemitérios cumprir os antigos rituais pagãos oferecendo sacrifícios de flores, comidas e lavando túmulos, chorando e rezando, mandando celebrar missas e outros ritos, para livrar a alma de seus entes queridos de uma mentira chamada purgatório.
Conseqüentemente nas religiões afro-brasileiras 2 de novembro é um dia especial para se cultuar e cumprir obrigações para com os eguns (espíritos dos mortos), Omolu, o senhor dos cemitérios, e com Exu Omolu, chefe da linha de cemitérios na Quimbanda.
Vemos então que este dia “2 de novembro”, juntamente com o dia “31 de outubro” quando é comemorado o Halloween e “1 de novembro a Festa de todos os santos” na verdade são uma cerimônia só, homenageando demônios e espíritos que ha muitos anos escravizam povos e civilizações, os quais são inimigos do verdadeiro Deus o Deus da Bíblia e que a muito tempo encontraram lugar no coração corrupto do Catolicismo Romano.

O Catolicismo Romano pratica espiritismo
Uma pratica extremamente abominável aos olhos de Deus e claramente condenada na sua Palavra é a comunicação com os mortos. A Bíblia deixa bem claro que uma pessoa que morre não pode comunicar-se com vivos. Alem disso é mandamento bíblico que não se invoque espíritos de mortos e a pratica de tal coisa é um grande pecado e abominação
"Não se achará entre ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; nem encantador, nem necromante, nem mágico, nem quem consulte os mortos; pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR, teu Deus, os lança de diante de ti. Perfeito serás para com o SENHOR, teu Deus" (Deuteronômio 18.10-13).
"Quando vos disserem: Consultai os necromantes e os adivinhos, que chilreiam e murmuram, acaso, não consultará o povo ao seu Deus? A favor dos vivos se consultarão os mortos? À lei e ao testemunho! Se eles não falarem desta maneira, jamais verão a alva" (Isaías 8.19-20)
Na Palavra de Deus encontramos constantes advertências sobre este tipo de pecado e quem o pratica é chamado de MALDITO e será lançado de diante da face de Deus.
Porque então a Igreja Católica Romana pratica o ESPIRITISMO e comunicação com os mortos abertamente, mantendo até uma IGREJA para tal fim?
Não sei que desculpas o Catolicismo usará para justificar este tipo de blasfêmia, porem para tal coisa não existem justificativas. Quem não enxergar que esta religião é uma verdadeira doutrina de Satanás deve estar cego!
Existe uma Igreja em Roma chamada de O MUSEU DAS ALMAS DO PURGATÓRIO que foi criado no começo do século passado pelo padre Victory Juet, Ela é chamada de o primeiro Museu Cristão de Além Túmulo, com autorização do papa.
Esta Igreja contem uma coletânea de peças e testemunhos onde mortos tem se comunicado com vivos. Em sua maioria padres e freiras da Igreja Católica Romana. Ou seja, são espíritos de padres e freiras mortos comunicando-se com vivos.
A tal Igreja realiza um trabalho autorizado pelo Vaticano e pelo próprio papa onde os seus padres viajam por vários países recolhendo testemunhos e provas sobre a comunicação dos mortos com os vivos.
Impressões de mãos feitas por espíritos de mortos em roupas de freiras, padres e também em livro, partes
do acervo do Museu das Almas do Purgatório 
Continua...

1 comentários:

  1. antonio disse...:

    Nossa quanta ignorância e estudo errado das escrituras.... ps. Seita vcs sabem quem são.....

Postar um comentário

Comente, Questione, Critique, Aconselhe, Tire Dúvidas.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Fica reservado ao Blog Filhos de YHWH ou não, de comentários anônimos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

468x60

energia a preço justo
Nelson Neto. Tecnologia do Blogger.
 
Filhos de Yhwh © 2012 | Designed by Nelson Neto