HA UM MILAGRE EM SUA BOCA - PARTE 3

A CURA DE NOSSA FILHA



Lembro-me de quando nossa pequena filha nasceu. Minha mulher era uma enfermeira e podia dizer imediatamente que Lisa não era normal. O médico que fez o parto sabia disso. Nossa pediatra o confirmou mais tarde. Ela disse que Lisa teve um traumatismo de nascença e era afligida por algo parecido como paralisia. A criancinha não tinha tonacidade em nenhum músculo de seu corpo. Não tinha nenhum reflexo para sugar. Nunca tinha sido capaz de levantar sua cabeça da cama, mesmo por uma fração de centímetro, até que completou cinco meses. Nunca teve força suficiente para engatinhar. Arrastava-se pelo chão sentada.

PRECISÁVAMOS DE UM MILAGRE!

Sendo ministro Batista do Sul por 19 anos, sabia pouco sobre a cura. Tínhamos pouca luz sobre esse poder operador de milagres de Deus. Os livros na minha biblioteca diziam que Deus mandava enfermidades para nos abençoar e nos ensinar boas lições. Eu tinha pregado que nós deveríamos ser muito cuidadosos e sempre dizer, “S
e for tua vontade, cure esta pessoa”.
Eu não tinha o batismo do Espírito Santo, então, mas Deus nos ajudou. Fechei minha biblioteca e segui dia a dia sozinho com a Palavra de Deus. Li os quatro evangelhos até que comecei a ver Jesus. Emergiu dessas páginas um operador de milagres poderoso e compassivo. Ele não era Batista, Metodista, Presbiteriano ou Católico. Jesus era o Filho do Deus Vivo, o qual é o mesmo ontem, hoje e eternamente.

Eu O vi como Um maior do que os nossos conceitos sobre Ele!

Eu O vi, não como um Jesus denominacional, mas como Um grande e amoroso, o suficiente para abranger a TODOS em toda parte com seus braços poderosos!

Lemos suas promessas repetidamente. Vimos que o diabo era quem afligia nossa filha. Ele queria aleijá-la, mas Deus queria curá-la.
Nós estávamos LIMITANDO O SANTO DE ISRAEL!

Onde estava nosso milagre?

Estava nas nossas bocas!

Claro que sabíamos que está em Jesus, mas nós o limitamos e o Seu poder, quando falhamos em confessar e nos firmar sobre Sua Palavra.
A despeito de nosso conhecimento limitado do assunto, minha mulher Do
die e eu decidimos abrir nossas bocas e confessar a Palavra para salvação – para cura.
Aqueles foram dias tristes e escuros para nós, lutando contra os Batistas. Mas Deus é tão misericordioso e compassivo.

Tomamos as promessas e começamos a confessá-las diariamente apesar do que nossa filha parecesse. Declaramos “...pelas suas pisaduras fomos sarados” (Isaías 53.5). Impúnhamos as mãos sobre ela e confessávamos a Palavra que diz “Ela sarará (veja Marcos 16.18). Ela está sarando! Jesus disse, se vocês me pedirem QUALQUER COISA em meu nome, eu o farei (João 14.14). Nós confessávamos: “Jesus está operando! Ele o está fazendo!”.

Quando as pessoas comentavam como ela estava ruim, ou nos perguntavam sobre ela, tentávamos lhes dizer o que Deus disse e não o que os nossos olhos viam.
Meses se passaram. Ela parecia a mesma. Onde está o milagre? Onde está o milagre?
Estava nas nossas bocas. “A morte e a vida estão no poder da língua...”(Prov. 18.21). Nós nos apoiávamos nas promessas contra os sintomas mentirosos do diabo.
Deus vigia sobre Sua Palavra para a cumprir (Jer. 1.12). Deus estava sorrindo e observando. Jesus estava perto.

No quinto mês ela levantou sua cabeça da cama, quando se deitou sobre sua barriga! O Deus do céu estava cumprindo sua palavra. Minha mulher sabia que se um bebê não pode se sentar sozinho pelo sétimo mês é um sinal de anormalidade. O quinto mês veio e passou. O sexto mês veio e passou. O diabo nos disse mil vezes que ela nunca seria normal, mas nós tínhamos um milagre em nossas bocas e continuamos confessando-o para ocorrer a libertação.
Bem quando os últimos dias críticos daqueles meses estavam se aproximando rapidamente, com o intuito de se sentar sozinha, ela se virou e ficou sentada!

Estou seguro de que os anjos que estavam observando irromperam com cânticos celestiais, louvando a Deus por Seu amor e fidelidade à Sua Palavra. Estou certo de que nosso bendito Jesus sorriu com a nossa alegria, pois Ele tinha levado todos os nossos pecados, doenças e dores sobre Seu próprio corpo e tinha comprado nossa cura.

Este foi o ponto de mudança. Daí em diante, ela se desenvolveu normalmente. Hoje ela é uma mulher bonita, casada e servindo totalmente ao Senhor. Ele a tornou completa e íntegra, de todas as maneiras!

Nossa pediatra disse que isso foi um milagre de Deus!

O MILAGRE ESTAVA NAS NOSSAS BOCAS! MAS NÓS O CONFESSAMOS PARA FORA DAS NOSSAS BOCAS; E A CURA VEIO!

Nós não estamos falando de pensamento positivo. Nós não estamos falando de mente sobre matéria. Estamos lembrando você da Palavra Eterna de Deus. “Enviou-lhes a sua palavra, e os sarou...” (Sal. 107.20).

“Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão” (Mat. 24.35).
Sua Palavra está para sempre firmada no céu (veja Sal. 119.89).

Mas você precisa ACHAR suas promessas e CONFESSÁ-LAS dia e noite. Apoie-se na Palavra de Deus. Deus confirmará a Sua Palavra.

No caso de Daniel que orou 3 semanas por certa coisa, Deus disse „desde o dia em que chamaste, a resposta te foi enviada, mas Satanás impediu que a resposta viesse‟ (veja Dan. 10.12). Algumas vezes este é o caso. Continue tão somente confessando a Palavra. Está vindo! Você já a tem no seu coração, quanto você saiba, e você sabe que se manifestará à medida que continue confessando Sua Palavra.

Se Deus nos curasse instantaneamente todas as vezes, não teríamos paciência com os outros. Não nos desenvolveríamos espiritualmente na fé. Claro, haverá horas escuras quando virá a parecer que é só você, Deus e Sua Palavra. Mas isso é suficiente, se você ousadamente confessar Suas promessas e declarar que o milagre é seu!

Continua...

Creditos: Translation into Brazilian Portuguese
of There is a miracle in your mouth by John Osteen
translation by Clayton Bezzan
Quotations from Almeida�s Revista e Atualizada no Brasil Version or translated from King James Version
 
Autor
John Osteen
Lakewood Church
7317 East Houston Rd.
P.O. Box 23297
Houston TX 77228
USA

Ttradutor
Clayton Bezzan

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, Questione, Critique, Aconselhe, Tire Dúvidas.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Fica reservado ao Blog Filhos de YHWH ou não, de comentários anônimos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

468x60

energia a preço justo
Nelson Neto. Tecnologia do Blogger.
 
Filhos de Yhwh © 2012 | Designed by Nelson Neto