A NUMEROLOGIA DO 666 - PARTE 2


Les Illuminati

Aplicando esse conhecimento à história, você pode destrinçar um dos maiores mistérios históricos do século XX. Os historiadores sempre se perguntaram, confusos, por que os Aliados esperaram vários meses para invadir a Normandia, após todos os preparativos estarem prontos. Eles poderiam ter invadido antes naquele ano, mas aguardaram até 6 de junho de 1944 para invadir, e depois levaram a cabo a invasão embora o tempo tivesse virado e se tornado totalmente desfavorável, aparentemente requerendo o adiamento do ataque. O ditador soviético Stalin pediu que os Aliados atacassem a Normandia antes, pois estava perdendo milhares de soldados todos os dias.

Por que os Aliados deliberadamente esperaram até o dia 6 de junho para atacar?

O significado ocultista dos números nos dá a resposta:

Junho é o sexto mês do ano, de modo que corresponde a: 6

O ataque foi realizado no sexto dia do mês: 6

Os algarismos do ano, 1944, somados dão: 18 (6+6+6)
 
Assim, a data da invasão deu aos líderes ocultistas dos EUA e da Grã-Bretanha dois conjuntos de números criticamente importantes, um 66 e um 666. Os ocultistas crêem que '6' seja o número do homem, '66' seja o número do governo máximo do homem, e que o Senhor '666', o Anticristo, encabeçará esse governo perfeito. A Segunda Guerra Mundial foi uma das três guerras mundiais que os ocultistas aprendem que serão necessárias para preparar o Anticristo

A invasão da Normandia foi o golpe fundamental dos Aliados que colocou posteriormente a Alemanha de joelhos. A data escolhida revelou a todos os ocultistas do mundo que aquela invasão estava sendo realizada em apoio a esse esforço de produzir o Anticristo. O resto da história você conhece.

Precisamos agora voltar para o início da história americana, e estudar o plano ocultista para os EUA. A maioria dos ocultistas compartilha a crença que um país avançado espiritualmente, chamado Atlântida, existiu aproximadamente 12.000 anos atrás. Os cidadãos desse país eram chamados de arianos; eles possuíam conhecimentos científicos e uma civilização avançada. Os cidadãos desse país também possuíam poderes mágicos. Os arianos eram conhecidos como a Quinta Raça-Raiz quando a Atlântida foi destruída. Os ocultistas crêem que uma nova Sexta Raça-Raiz está evoluindo e que uma nova Atlântida será criada. Pennick observa que essa nova Atlântida seria conhecida como Nova Ordem Mundial. [pág. 127].

Para expandir essa evolução "inevitável", os líderes ocultistas na Europa e na América do Norte, no fim do século XVIII, executaram o plano satânico original concebido na última década do século XVI pela rainha Elizabeth I e por Sir Francis Bacon, de estabelecer uma Nova Atlântida no Sétimo Continente da América do Norte. A autora Van Buren descreve esse objetivo claramente na página 143 de seu livro The Secret of the Illuminati, "Há um destino secreto e imutável planejado para a humanidade, que não é reconhecido nem imaginado em sonhos pelas massas. 

O continente norte-americano foi escolhido como a terra da comunidade democrática dos Estados... antes de Colombo chegar às praias do Novo Mundo." Os líderes ocultistas norte-americanos Washington, Jefferson e Franklin, planejaram estabelecer os EUA como uma Nova Atlântida. Eles esconderam esse plano de forma muito engenhosa, criando uma estrutura de números ocultistas dentro dos novos símbolos da nação. Somente os outros ocultistas reconheceriam a verdade.


  • A declaração de Independência foi proclamada quando existiam treze Estados. A bandeira pôde então ser confeccionada com treze estrelas e com treze faixas.
  • O Grande Selo dos EUA foi criado com muitos trezes ocultos.
  • A pirâmide é formada por treze níveis de pedras.
  • As palavras acima e abaixo da pirâmide, mais os numerais romanos no primeiro nível, contêm 39 caracteres, que é formado pela multiplicação dos números sagrados 3 e 13.
  • Da mesma forma, a águia contém trezes ocultos: 13 folhas nos ramos da oliveira e 13 setas.
Vamos agora examinar a data da Declaração de Independência americana, 4 de julho de 1776. Já demonstramos como 1776 soma 21. No entanto, 4 de julho também forma um número sagrado. Julho é o sétimo mês, que, quando somado ao quarto dia, é igual a onze.
Como os pais fundadores da nação americana planejavam a criação da Nova Atlântida, decidiram agendar a Declaração de Independência em relação ao primeiro Dia Sagrado na primavera pagã do hemisfério norte, em 30 de abril. Existem exatamente 66 dias entre 30 de abril e 4 de julho. O número 66 é um número sagrado importantíssimo por duas razões críticas:
  1. É uma dupla intensificação do número sagrado seis;
  2. É formado pela multiplicação dos dois números sagrados, seis e onze.
Sessenta e seis é também importante na contagem de Deus. O autor cristão E. W. Bullinger observa em seu livro, Number in Scripture, que o número 66 tem uma relação com a estátua do rei Nabucodonosor; essa estátua tinha 60 côvados de altura de 6 côvados de largura [Daniel 3:1]. Deus organizou esse evento de tal forma que o número 66 formava a estrutura da estátua. Bullinger conclui que os dois seis estejam conectados com o orgulho do homem de um "domínio absoluto". 

Esse significado é uma perfeita concordância com o estabelecimento da Nova Ordem Mundial; quando ela estiver estabelecida, representará a mais alta realização do homem em estabelecer o domínio absoluto na terra. Essa estátua também é um tipo da imagem final do Anticristo, diante da qual as pessoas de todo o mundo se encurvarão para adorar, outro paralelo perfeito com os planos da Nova Ordem Mundial.

A Nova Atlântida, os EUA, deveria ser uma democracia representativa esclarecida. Os EUA deveriam mostrar para o resto do mundo o caminho para a Nova Ordem Mundial final. Vamos agora permitir que a autora Van Buren descreva o cenário planejado para a Nova Atlântida. "O destino dos EUA era ser a Atlântida... Em todas as coisas existem ciclos de nascimento e de morte; o que foi, voltará a ser..."

Os pais fundadores da nação americana, liderados por Washington, Jefferson e Franklin, calcularam que poderiam estabelecer os EUA precisamente 66 dias após o início do feriado pagão, 30 de abril. A visão deles era que os EUA se tornassem a Nova Atlântida e liderasse o restante do mundo para a forma final de governo, a Nova Ordem Mundial. É por isso que a pirâmide do Grande Selo está incompleta; o sistema de Governo que eles estabeleceram não era a forma final prevista. No entanto, para o propósito deste estudo, você vê como eles planejaram o nascimento dos EUA com base em uma estrutura de números ocultistas? Qualquer ocultista treinado no mundo compreende esse significado ocultista, mas o não-treinado deixa-o passar totalmente desapercebido.

Isso nos traz a este ano na história mundial. Embora os EUA tenham sido estabelecidos como a Nova Atlântida, foram concebidos para durar somente um período especificado de tempo. Para simbolizar esse terrível plano final para os EUA, os pais fundadores da nação norte-americana escolheram secretamente a ave Fênix, dos mistérios satânicos egípcios, como símbolo nacional. Segundo a crença nesses mistérios, a Fênix vive por quinhentos anos e depois imola-se, seu corpo pega fogo e transforma-se em um montão de cinzas. No entanto, imediatamente, uma nova Fênix ressurge das cinzas. 

Os EUA foram estabelecidos em 1766, um ano que produziu um '21', para iniciar sua vida nacional, na conclusão da qual deve retornar às cinzas. A partir dessas cinzas, uma nova Fênix deverá surgir, produzindo uma forma final de governo, a Nova Ordem Mundial.

Continua....

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, Questione, Critique, Aconselhe, Tire Dúvidas.

Mas difamações, ataques pessoais, trollagens, xingamentos, atitudes de intolerância, assim como comentários à serviço de militâncias políticas e religiosas não serão aceitos!

Fica reservado ao Blog Filhos de YHWH ou não, de comentários anônimos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

468x60

energia a preço justo
Nelson Neto. Tecnologia do Blogger.
 
Filhos de Yhwh © 2012 | Designed by Nelson Neto